Bullet Journal – Sumário/Index

Olá!

O post de hoje será sobre o segundo pilar do BuJo: o Sumário/Index!

index

Ele é o que faz a liga no Bullet Journal, é o menu que faz tudo funcionar! Se o sumário/index não existisse, acho que ficaria impossível utilizar esse método ou no mínimo seria muuuito mais trabalhoso, deixando de ser prático e útil como ajuda para se organizar.

Basicamente devem ser inseridas todas as entradas (coleções, calendários, desafios) e suas respectivas páginas no sumário, por isso é tão importante paginar o Bullet Journal! E por essa razão também que a caderneta da leuchtturm1917 é tão queridinha, ela já vem com Index e todas as páginas numeradas! #ficadicaCicero

BohoBerry

“A vida de uma pessoa não é o que lhe acontece, mas aquilo que recorda e a maneira como o recorda”
– Gabriel García Márquez

Até 🙂

 

 

 

Bullet Journal – Legenda/Keys

Olá!

O Bullet Journal tem como base quatro pilares: Legenda (Rapid-Log), Sumário, Coleções e Migração. Continuando nossa série de posts explicativos, este será sobre o primeiro pilar: Legenda.

A legenda se caracteriza por pequenos desenhos que auxiliam na rápida identificação visual do item/tarefa a ser cumprida. Por exemplo, eu utilizo os seguintes símbolos:

keys
Minha legenda 

Para preencher uma tarefa eu utilizo o [ ], e quando a finalizo ela fica assim [X].

Há outros modos de fazer a legenda, e ela deve se adequar ao que cada um está mais familiarizado (mais fácil de memorizar cada item). O criador do método utiliza um bullet (•) para registrar suas entradas de tarefas, daí o nome do método de organização 🙂

Algumas outras inspirações achadas no Pinterest

 

Há também os qualificadores, em que se coloca, por exemplo, um * antes do [ ] para chamar atenção e dizer que a tarefa é importante e deve ser priorizada. São qualificadores: * (prioridade), ! (alerta), $ (comprar, pagar), entre outros…

Também é possível fazer um menu rápido com canetas marca texto! Copiei a ideia da BohoBerry 🙂

IMG_2182

Não sei se deveria ter feito uma legenda mais simples, mas se não funcionar é só trocar.. Essa é a parte legal: descobrir o que melhor funciona para si!

“Não faças da tua vida um rascunho. Poderás não ter tempo de passá-la a limpo”
– Mário Quintana

Até 🙂

Bullet Journal – Apetrechos

Olá Domadores!

Pretendo fazer uma série de posts explicando cada parte do Bullet Journal e depois um resumo para facilitar! 🙂

Para começar a fazer um BuJo, tem que ter alguns materiais!

Na verdade, um caderninho e uma caneta já fazem todo o trabalho necessário, mas também dá para enfeitar e deixar bem colorido! Aqui vão algumas dicas:

  • Local para anotações:

Deve ser pequeno, no máximo com folha tamanho A5, para facilitar o uso e poder sempre ter em mãos, já que é o mecanismo de entrada de informação do método.

O criador indica que seja utilizado uma caderneta quadriculada. O bom é que se encontra facilmente para comprar caderninhos bem baratinho quadriculados em qualquer papelaria (no site da Kalunga eu não achei, mas já vi vários na loja física).

Grande parte dos que adotaram esse sistema de organização utilizam cadernetas da Moleskine ou da Leuchtturm 1917. Todavia com o dólar nas alturas importar é uma opção difícil e cara. Os caderninhos da Moleskine são encontrados facilmente em lojas de papelaria pelo Brasil, mas ainda tem o problema do quesito bolso 😦

Eu estou utilizando a caderneta pontada (pontilhada) da marca brasileira Cicero (não tem jabá de nenhuma marca que eu estou citando e citarei.. com certeza nenhuma sabe sequer da minha existência.. hahah). Ela também tem a versão quadriculada e a sem pauta.

A caderneta pontada está sendo muito utilizada, pois nela fica melhor para fazer desenhos e firulas, já que fica a página fica com menos informações do que a quadriculada ou pautada (com linhas). Essa última também dá para utilizar, pois o importante é adotar o Bullet Journal independentemente do tipo de folha 🙂

entregas

  • Canetas, lápis (escrevedores :p):

Para não ficar repetitiva e dizer que pode qualquer uma… Qualquer uma pode!

MAS, as mais comumente utilizadas para escrever são as canetas tinteiro ou as de desenho. Eu comprei estas aqui em uma papelaria, estavam em torno de 10 dilmas.

canetas

Tem também as coloridas de ponta fininhas Stabilo e Staedtler, tem em qualquer livraria! Já as minhas são made in Aliexpress… Obs: ainda estão durando #todoscomemora

canetas coloridas

Também uso lápis de cor para colorir, canetinhas coloridas e marca textos 🙂

lápis canetinhas

  • Outros:

Réguas! Eu uso uma transparente de 15cm e tenho uma outra maior de 30cm, que não é transparente. Meu item de desejo atual é uma daquelas réguas de patchwork!
Adesivos e Washi tapes para enfeitar 🙂

Lembrando que o legal do Bullet Journal é que ele é seu 100%! É sua criação, então não importa muito se o de outra pessoa é muito mais lindo e colorido, pois é o seu que importa e é com ele que você mais conseguir ser mais produtiva(o) e organizada (o) para conquistar as metas propostas para esse ano!

Segue mais uma foto do meu Bullet Journal!

IMG_2176 (1)

Resumindo: caderno/caderneta pequena; canetas; régua.

“Na realidade trabalha-se com poucas cores. O que dá a ilusão do seu número é serem postas no seu justo lugar”
– Pablo Picasso

Até 🙂