Planejamento Fevereiro

Olá! 🙂

Esta será a configuração do meu Bullet Journal para o mês fevereiro, vem olhar!

Calendário do mês + metas/tarefas/notas + Tracker

IMG_2263

Tracker de limpeza

IMG_2264

Memórias – Desafio do mês – Handwriting

IMG_2266

Gratidão

IMG_2267

Comecei um treino de bicicleta 🙂

IMG_2268

 

Por enquanto é isso! Vou testar esses novos layouts e ver se funcionarão para mim.

“Planejamento de longo prazo não diz respeito às decisões futuras, mas com o futuro das decisões atuais”
– Peter Drucker

Até 🙂

Anúncios

Desafio! Handwriting

Olá!

Desafios são bem comuns entre o pessoal que faz Bujo, e se constitui numa lista de itens a ser cumprido no mês 🙂

Um dos desafios propostos para o mês de fevereiro é o RockYourHandwriting! Ele foi pensando para quem quer melhorar a habilidade de caligrafia, e a ideia é que a cada dia deve ser cumprido um item da lista, e se quiser, compartilhar com a #rockyourhandwriting. Foi disponibilizado por: @boho.berry, @ decadethirty, @prettyprintsandpaper e @tinyrayofsunshine.

185ca5b8dc67bb1617ad4aec603f20e0

  1. Meu nome
  2. Antes
  3. 5 fatos sobre mim
  4. Palavra favorita
  5. Onde eu escrevo
  6. Minha lista de tarefas
  7. Carta
  8. Citação do dia
  9. Impresso x escrito
  10. Manias pessoais
  11. Nota de agradecimento
  12. Palavra do dia + definição
  13. Frase comum
  14. Nota de amor
  15. Devagar x normal x rápido
  16. Letra de música
  17. Inspiração, dicas
  18. Experimentar
  19. Trecho de livro
  20. Detalhes
  21. Receita
  22. Alfabeto
  23. Frase de jornal
  24. Gratidão
  25. Poesia
  26. Meu conselho
  27. Floreios
  28.  Depois
  29. Lições aprendidas

“Quanto maiores são as dificuldades a vencer, maior será a satisfação”
– Cícero

Bom desafio! Até 🙂

 

 

 

 

Bullet Journal – Migração

Olá!

Último post de explicação sobre Bullet Journal será sobre a Migração! É o quarto pilar desse método de organização, e em essência é o ato de mover as tarefas ou eventos não realizados anteriormente para outra data futura ou até mesmo deletar/cancelar caso não sejam mais importantes.

Pode ser realizado semanalmente, ou preferencialmente mensalmente, mas esse é o prazo limite pois é necessário verificar as tarefas não feitas para transferi-las para o próximo mês.

Se não pode fazer uma tarefa em um dia, não risque nem escreva a flechinha do lado, deixe em branco! Apenas quando for efetivamente migrá-la para outro dia que se deve escrever o símbolo correspondente.

Essa parte, quando eu comecei a fazer o bujo, eu fazia errado: quando eu não cumpria uma tarefa imediatamente já escrevia a flecha do lado e colocava para o dia seguinte…. Não tem necessidade disso 🙂

Restando alguma dúvida, basta escrever um comentário ou me enviar um e-mail que responderei com o maior prazer!

“São nossas escolhas que revelam o que realmente somos, muito mais do que as nossas qualidades”
– J. K. Rowling

Até 🙂

 

Não tem que ter firula!

Olá!

Hoje vamos ter um papo sério. Sei que o meu Bullet Journal tem seus enfeites e é meio firulento.. Mas é porque eu gosto assim! Não tem necessidade alguma disso, tanto que o bujo do próprio criador é algo bem simples e sem frescurites.

O importante mesmo é anotar e utilizar, já que é um método de organização, não tem que ser bonito e sim útil! Não tem que dar trabalho e sim ser algo prazeroso que nos faça continuar a utilizar! Não tem que ter medo se não ficar tão legal quanto aos das outras pessoas!

Meu objetivo com o blog é trazer mais informações sobre o método para quem não tem acesso ao conteúdo em inglês. Claro que com isso vou mostrar como está o meu bujo, e trazer ideias de desenhos legais e coloridos, porém não será esse o foco do blog.

Resumindo:

  • Não fique frustado se o seu Bullet journal não estiver tão lindo quanto os outros, faça o que funciona para você!
  • Não se importe com os erros, eles irão acontecer e está tudo bem! Uns dá pra colocar um adesivo por cima, outros é só escrever um “ooops”.
  • Não gaste dinheiro desnecessariamente comprando o caderno perfeito ou a caneta perfeita. Utilize o sistema antes, veja como ele se encaixa pra você e depois compre os materiais que estiver sentindo falta.

Seguem algumas imagens de registros para inspirar.

 

“Melhor feito que perfeito!”
-autor desconhecido

Até! 🙂

Bullet Journal – Coleções

Olá!

Dando prosseguimento à introdução ao mundo do Bullet Journal, hoje o post é sobre Coleções, o terceiro pilar 🙂

Praticamente todas as entradas (anotações nas páginas do caderno) são coleções! Essas anotações feitas devem ter um título (um tópico) e esse título é chamado de coleção.

As principais coleções são: registros futuros, registros mensais e registros diários. Funcionam como um calendário para anotar ações durante o ano, durante o mês, e as tarefas a serem realizadas dia a dia.

Como Registro Futuro (future log) eu adotei o Calendex, que foi criado por esse cara.

IMG_2229
Não está preenchido, mas tirei foto para mostrar pra vocês 🙂

O criador do método utiliza outro sistema de registro das atividades futuras. Site.

criador future log

Registro Mensal (monthly log) há vários layouts. Podem conter só o mês ou ser uma mescla e possuir outras informações como lista de tarefas para todos os 30 dias (ex.) ou um pequeno calendário do mês subsequente.

Em janeiro eu utilizei esse aqui, só que não funcionou 100% para mim então em fevereiro farei diferente.

IMG_2230

Seguem algumas imagens de outros registros mensais.

Registro Diário (daily log) é o principal item do Bullet Journal! Aqui é o espaço para escrever as listas de tarefas, as informações pertinentes a algum evento, registro de alguma nota/observação importante… 🙂

Necessário destacar que não precisa escrever um dia por página, na verdade, a maioria dos que usam esse método utilizam uma entrada semanal (eu me incluo nesse grupo).

Esse é o layout que adotei para a última semana de janeiro, mas não sei se manterei o mesmo. Acho que farei mudanças.

IMG_2231

Seguem outros registros diários.

Existem também outro tipos de coleções!

Eu irei adicionar outras, mas as que eu utilizo atualmente são: séries, livros, filmes, entregas, lista de desejo, registro gatas, lugares para conhecer. Conforme eu for adicionando outras coleções criarei um post para mostrar.

Se preferirem, a Kim escreveu em seu blog um resumo com várias imagens! Mas está em inglês.

“Quando escrevo, sinto um alívio, a minha dor desaparece, a coragem volta. Mas pergunto-me: escreverei alguma vez coisa de importância? Virei a ser jornalista ou escritora? Espero que sim, espero-o de todo o meu coração! Ao escrever sei esclarecer tudo, os meus pensamentos, os meus ideais, as minhas fantasias”
– Anne Frank

Até! 🙂

 

 

Bullet Journal – Sumário/Index

Olá!

O post de hoje será sobre o segundo pilar do BuJo: o Sumário/Index!

index

Ele é o que faz a liga no Bullet Journal, é o menu que faz tudo funcionar! Se o sumário/index não existisse, acho que ficaria impossível utilizar esse método ou no mínimo seria muuuito mais trabalhoso, deixando de ser prático e útil como ajuda para se organizar.

Basicamente devem ser inseridas todas as entradas (coleções, calendários, desafios) e suas respectivas páginas no sumário, por isso é tão importante paginar o Bullet Journal! E por essa razão também que a caderneta da leuchtturm1917 é tão queridinha, ela já vem com Index e todas as páginas numeradas! #ficadicaCicero

BohoBerry

“A vida de uma pessoa não é o que lhe acontece, mas aquilo que recorda e a maneira como o recorda”
– Gabriel García Márquez

Até 🙂

 

 

 

Bullet Journal – Legenda/Keys

Olá!

O Bullet Journal tem como base quatro pilares: Legenda (Rapid-Log), Sumário, Coleções e Migração. Continuando nossa série de posts explicativos, este será sobre o primeiro pilar: Legenda.

A legenda se caracteriza por pequenos desenhos que auxiliam na rápida identificação visual do item/tarefa a ser cumprida. Por exemplo, eu utilizo os seguintes símbolos:

keys
Minha legenda 

Para preencher uma tarefa eu utilizo o [ ], e quando a finalizo ela fica assim [X].

Há outros modos de fazer a legenda, e ela deve se adequar ao que cada um está mais familiarizado (mais fácil de memorizar cada item). O criador do método utiliza um bullet (•) para registrar suas entradas de tarefas, daí o nome do método de organização 🙂

Algumas outras inspirações achadas no Pinterest

 

Há também os qualificadores, em que se coloca, por exemplo, um * antes do [ ] para chamar atenção e dizer que a tarefa é importante e deve ser priorizada. São qualificadores: * (prioridade), ! (alerta), $ (comprar, pagar), entre outros…

Também é possível fazer um menu rápido com canetas marca texto! Copiei a ideia da BohoBerry 🙂

IMG_2182

Não sei se deveria ter feito uma legenda mais simples, mas se não funcionar é só trocar.. Essa é a parte legal: descobrir o que melhor funciona para si!

“Não faças da tua vida um rascunho. Poderás não ter tempo de passá-la a limpo”
– Mário Quintana

Até 🙂